sábado, 24 de abril de 2010

O Islã e o Terrorismo

O Islã e o Terrorismo

Queridos Amigos e amados “Inimigos da cruz de Cristo”:

Minha oração é que você reconheça o que Deus fez por você através de Jesus.

Para inicio de conversa quero dizer que “a maioria dos meus amigos muçulmanos” não são "terroristas" e eles se opõem ao uso da violência, porém a maioria dos muçulmanos são ignorantes sobre os verdadeiros ensinos do Islam. A grande maioria não são muito religiosos.

A razão deles não serem RADICAIS está no fato de que eles não conhecem ou não praticam o Islã REAL. O muçulmano RADICAL é aquele que conhece e pratica seriamente a religião Islâmica. Então segue que: Moderado pode ter pouco ou muito conhecimento do Islã, mas ele não os pratica devidamente. Enquanto que o Radical tem muito fervor e pratica tudo o que o Islam ensina, ainda que ele saiba pouco ou muito do Islã.

Tudo o que estou aprensentando aqui no meu blog não tem a intenção de destruir a você, mas sim alertá-lo. As vezes sem perceber abraçamos crenças e tradições que podem ser destrutivas, mas só percebemos isso quando já é muito tarde. Tanto os cristãos devem ser mais ativos no que pregam e vivem e os muçulmanos devem ser mais criteriosos em aceitar TUDO o que o XEIQUE FALA.

As vezes eu me dou conta que estou 2 ou 3 artigos ao mesmo tempo. Alguns assuntos são motivados por noticias, outros por alguma pergunta de um amigo ou muçulmano e assim vai. Este meu artigo foi motivado pela noticia é que agora os muçulmanos querem MATAR o “South Park”. Você pode agüentar um “trem desse”? Por essa ninguém esperava. Eu particularmente não gosto do South Park mas as vezes eles tem algumas piadas boas. O Islã que não acha nada engraçado, tem um jeitinho pacifico de protestar não é? Eles pensam que estão acima de qualquer critica. (algum dia vou escrever sobre a podridão dos paises Islâmicos, eles tem o PIOR nível de vida para as mulheres, escolas, emprego etc. Eles lideram o mundo em guerras e conflitos, eles estão entre os mais imorais do mundo [e provo com fatos], eles estão entre os mais corruptos do mundo, etc)

No Islã não tem diversão

Durante o governo do Taliban, foram banidos, as musica, radios, cinemas, futebol etc. Somente foi permitido “recitação do Alcorão”. A Somália está passando pelo mesmo processo e eles ate convidaram o Bin Laden para se mudar para a Somália. Sério. Eu já fui varias vezes a Mesquita e acredite me: “que coisa chata”! Se o muçulmano soubesse como é lindo louvar a Deus com musica, com louvores e com cânticos, eles estariam mais abertos para visistar as nossas igrejas. Porém Mohamed proibiu o uso de cânticos nas mesquitas.

Alguém saberia me dizer, por que os muçulmanos não tem senso de humor?

“Você sabia que você pode MORRER de RISADAS” no Islã? Se rir, morre...

Certo dia recebi a visita de um “muadhdhin” (a pessoa que chama para as orações na Mesquita) na minha casa. A conversa foi tensa porque ele me culpava de que o filho dele já não era um muçulmano fervoroso (na verdade o filho dele havia deixado o Islã há muito tempo). Este homem não sorria nunca, mesmo depois de ter relaxado um pouco. Eu lhe perguntei se ele as vezes sorria e ele disse que no Islã não existem brincadeiras e se você sorrir aqui, você ira chorar no inferno. Que absurdo. Ouvir aquilo foi deprimente mas me abriu as portas para mostrar como nos que seguimos a Jesus temos alegria no nosso coração e esta alegria é viva. Depois de algumas horas de conversa, ele parou de me atacar e disse que gostaria de aprender sobre a Bíblia, mas como ele já estava velho e recebia seu salário da mesquita onde ele era o “muadhdhin” ele achava melhor se distanciar de mim. Apesar da minha insistência, ele nunca mais voltou na minha casa.

Aviso: Se um muçulmano ficar mais de 2 horas comigo, existe a grande possibilidade dele deixar o Islamismo para sempre ou nunca mais ser um muçulmano verdadeiro.

O Aiatolá Khomeini disse: "Não há divertimentos no Islã. Não há diversão no Islã. Não pode haver diversão e alegria em tudo o que é sério." Bem este meu amigo parece que tinha a mesma filosofia de vida.

Então tá explicado, mas tem mais ...

O mesmo Aiatolá Khomeini disse: A mais pura alegria do Islã é matar ou morrer por Alá." Ambas as opções trazem consigo a promessa do paraíso... Para a mente ocidental é impensável que "Deus" pudesse encorajar tal massacre. Para o muçulmano, todavia, violência e derramamento de sangue são a expressão máxima da religião e o caminho seguro para a recompensa eterna...”

Epa! estou confuso, não existe alegria no Islã, mas a maior alegria é morrer e matar? Não seria isso uma contradição? Que tipo de diversão é esta? A diversão no Islã é se explodir em pedaços, cortar cabeça dos infiéis, etc. De acordo como Khomeini o “terrorismo parece ser a única diversão no Islã”.

Minha pergunta é: Será que o Islã CONDENA ou APOIA o terrorismo?

O Alcorão e o Terrorismo

Temos que dar uma olhada no Alcorão para descobrirmos se o terrorismo (aterrorizar as pessoas) tem fundamentos no Alcorão. É incrível mas existem vários versos no Alcorão que fala sobre o TERRORISMO.

Encontrei varias suras no Alcorão que dizem que Allah e os Muçulmanos irão infundir TERROR nos corações dos incrédulos, mas vou mencionar somente três aqui:

Sura 3:151 Infundiremos terror nos corações dos incrédulos, por terem atribuído parceiros a Deus”

Sura 59:13 Seguramente, vós, ó fiéis, infundis em seus corações mais terror ainda do que Deus; isso, porque são uns insensatos.”

Sura 8:61 “Mobilizai tudo quando dispuserdes, em armas e cavalaria, para intimidar, com isso, o inimigo de Deus e vosso, e se intimidarem ainda outros que não conheceis, mas que Deus bem conhece. Tudo quanto investirdes na causa de Deus, ser-vos á retribuído e não sereis defraudados.

No verso 8:61, Allah instruiu aos muçulmanos para MOBILIZAREM todo tipo de ARMAS para poderem ATERRORIZAR os inimigos de Allah. Por esta razão o Iran esta empenhado em conseguir armas nucleares. Allah promete retribuir aos muçulmanos tudo o que eles gastarem na Jihad, a luta pela causa de Allah. A palavra árabe neste verso é “turhibuna” que significa “aterrorizar” não somente intimidar.

A CNN fez uma reportagem sobre “as ameaças de morte” contra os criadores de South Park e revelou algo supreendente. Assista a reportagem da CNN e ouça o seguinte diálogo do muçulmano terrorista com o repórter da CNN:

Muçulmano: “Nos fomos comandados a terrorizar os incrédulos e esta é uma religião, como eu disse ...

Repórter da CNN então repetiu: “vocês são comandados a aterrorizar os incrédulos?”

Muçulmano responde: O Alcorão diz claramente na língua árabe “turhibuna que significa “terrorizem-os. Isto é um comando de Allah.”

Repórter da CNN repete a frase: “Então você é comandado para terrorizar qualquer um que não crêr?”

Muçulmano: “E um comando, isso não significa ... você define terrorismo como ir e matar civis inocentes, mas eu defino terrorismo como “faze-los com medo” para que eles pensem duas vezes antes que eles venham estuprar a sua mãe ou matar o seu irmão ou indo na sua terra e tentar roubar os seus recursos”.

Ao ouvir este diálogo ficou claro para mim que os versos do Alcorão dizem que Allah irá infundir terror nos corações dos incrédulos através dos muçulmanos, como indica a Sura 8:12 “decapitai-os e decepai-lhes os dedos

Lição para vida: Se você se sentir intimidado ou ameaçado por um muçulmano, então ele pensará que Allah o esta ajudando. Ele estará ganhando a batalha mental e emocional. Nunca permita que um muçulmano o aterrorize ou intimide mentalmente ou emocionalmente.

Allah comandou aos muçulmanos praticarem o terror contra os “incrédulos” ou os “infiéis” para que eles tenhma MEDO do Islã. Nunca mostre que você tem medo do Islã ou dos muçulmanos. Allah deu este comando porque “os infiéis” – “resistem a Allah e o seu Mensageiro”. Como vocês acabaram de ler ou ouvir, os muçulmanos não estão nem um pouco envergonhados de dizer que o seu deus sanguinário, os comandou a matar e aterrorizar os incrédulos (aqueles que não crêem em Allah e Mohamed).

A razão que eles agem desta forma é porque as suas crenças são baseadas na idéia de que os muçulmanos são superiores aos não muculmnaos, que o Islã é superior a qualquer religião e que Mohamed é superior a qualquer profeta. O Islã é uma religião baseada no ORGULHO RELIGIOSO como a Sura 3:110 nos informa:

Sois a melhor nação que surgiu na humanidade, porque recomendais o bem, proibis o ilícito e credes em Deus. Se os adeptos do Livro cressem, melhor seria para eles. Entre eles há fiéis; porém, a sua maioria é depravada”.

O Islã ensina que os muçulmanos são a melhor raça ou nação que surgiu na humanidade e eles ainda INSULTAM os cristãos dizendo que a MAIORIA é DEPRAVADA. Graças a Deus, eu estou entre aqueles que o Alcorão diz que “são fiéis”. Eu amo a Deus e o sirvo com sinceridade.

Eu poderia dizer o mesmo dos muçulmanos, a grande maioria, só pratica a fé por que eles são forçados e somente uns quanto são realmente fieis ao Alcorão. Os bons muçulmanos nós os chamamos de RADICAIS e os maus muçulmanos nós os chamamos de MODERADOS. Graças a Deus, há poucos bons muçulmanos no mundo.

Mohamed o Megalomaníaco:

Algumas histórias das Hadiths irão ilustrar o meu ponto:

Bukhari, Volume 4, 52, 220:

“Abu Huraira narrou: O Apóstolo de Allah disse: “Eu fui enviado com a menor declaração (de fé) mas com o maior dos significados, e fui feito vitorioso com o terror, e enquanto eu dormia, as chaves dos tesouros do mundo foram trazidas a mim e colocadas nas minhas mãos. “Abu Huraira acrescentou: O Apóstolo de Allah deixou este mundo e agora vocês, estão trazendo esses tesouros.”

Leia esta outra em Sahih Muslim, Livro 4, Números 1062 fala sobre a superioridade de Mohamed:

“Abu Huraira relatou que o Mensageiro de Allah disse: Foi-me dada a superioridade sobre os outros profetas em seis aspectos: 1)Foram-me dadas palavras concisas, mas com um signficado abrangente, 2) eu fui ajudado pelo terror (nos corações dos inimigos), 3) os despojos de guerra foram feitas legais para mim, 4) a terra foi feita para mim, limpar e para ser um lugar de adoração; 5) eu fui enviado para toda a humanidade e 6) a linha dos profetas foi fechada comigo”. (Ver também números 1063, 1066, 1067)

Você não acha Mohamed um Megalomaníaco?

Em uma outra versão da história de Bukhari Volume 1, 7, 331 diz que são somente CINCO aspectos, mas nós informa mais especificamente que “a terra foi feita para mim e para os meus seguidores para ser um lugar de oração...” O interessante é que nesta versão da história, Mohamed disse que ele tem o direito de INTERCESSÃO, roubado de Jesus (o único Mediador entre Deus e os homens).

Os muçulmanos crêem que eles CONQUISTARÃO o mundo, pacificamente ou pela espada, mas eles o farão.

A violência no Islamismo, seja em forma de ameaças de morte para quem denuncia o Islã, seja como terrorismo, intimidações, ou perseguição aberta e assassinatos de Cristãos em terras Islâmicas, NÃO SÃO aberrações ou casos isolados no Islamismo.

A raiz do problema está no próprio Alcorão que ordena, comanda os muçulmanos a aterrorizarem os descrentes em Mohamed e a infundir MEDO em todo aquele que falar contra o Islamismo .

Ou seja, quando se fala em “Terrorismo Islâmico” não queremos que a discussão fique somente na semântica, no âmbito linguístico ou gramatical. Alguns sugeriram que o termo “Terrorismo Islâmico” é um Oxímoro (figura de linguagem que tenta harmonizar dois conceitos opostos em uma expressão) porém estes termos não são opostos mas sinônimos. Eu estou firmemente convencido de a expressão se encaixa mais como um paradoxo (uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica) por que Islamismo ensina o terror como o próprio Alcorão diz. Também eu creio que a expressão é um eufenismo (uma figura de linguagem que usa termos mais agradáveis para suavizar uma expressão) querendo dizer que existem outros que não usam o terror que o próprio Alcorão ensina.

Assim como “inocente culpa, silêncio eloquente, ilustre desconhecido” não fazem muito sentido, agora temos Terrorismo Islâmico.

Islã por si já é uma religião de terror. O próprio Alcorão comanda e os bons muçulmanos sabem que eles devem praticar estes versos. “INFUNDIREI TERROR nos corações dos incrédulos”.

Oremos pelo nosso Brasil e que Deus nos de sabedoria em como pregar o Evangelho aos muçulmanos.

Rafik

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Façam os seus comentários, mas cuidado com a língua!