domingo, 17 de outubro de 2010

Dialogo com Khaled Salama (ou Monologo?)

"Querido, o que é pior? A Ignorância ou a Indiferença?"
"Não SEI ... e nem me importa"

Eu contatei o Khaled Salama, autor do Blog Palavracult para lhe dizer que havia usado algumas das suas citações no meu blog. Ele respondeu abaixo:

Khaled disse...

Olá. Respeito a sua opinião, apesar de você ter faltado com o respeito em relação à minha, já que disse que eu tenho "coragem" de afirmar que o meu blog é "Para quem gosta de pensar". A única coisa que tenho a te oferecer como resposta é o seguinte: minha família é muçulmana e eu trato minha noiva como uma verdadeira rainha. Meu pai faz o mesmo com relação à minha mãe. Portanto, considero um erro colocar todos como farinha do mesmo saco. Sou um defensor da liberdade religiosa e tenho plena consciência de que evangélicos e católicos que cometem erros graves não representam todos os fiéis. O que está escrito nos livros sagrados precisa ser interpretado. E a interpretação é feita pelos seres humanos...

Minha Resposta ao Khaled:

O que é pior? IGNORÂNCIA ou INDIFERENÇA?

Olá Khaled; Obrigado por ter me respondido. Não é sempre que um muçulmano responde com educação sem me ameaçar de morte. Obrigado por isso. Estamos progredindo.

No entanto você novamente me desaponta: Você vive AQUÉM do seu slogan "Para quem gosta de pensar". Diante de tantas evidências e de tantas imoralidades e de tanta violência que a sua religião não somente defende mas MATA por estes princípios, você somente tem a dizer que sua família não é assim?

Parabéns por você não ser como os outros bilhões de muçulmanos que agridem e matam suas esposas. Sinceramente Khaled, eu gostaria muito que os outros 1.5 bilhões de muçulmanos no mundo fossem iguais a você e a sua família. Quem sabe o Islamismo hoje não existiria. Você e seu pai, não fazem mais do que a obrigação de tratar estas mulheres como rainhas. Você não concorda?

Mas por que vocês são diferentes do resto do mundo? Por que vocês moram no Brasil, meu caro! Vocês estão impossibilitados de praticar o que o Islamismo realmente ensina.

O Islamismo não somente BRILHA pelo que faz de “errado” ao redor do mundo, mas também BRILHA pelo “bem” que NÃO FAZ ao redor do mundo. Por que você não organiza uma passeata e um protesto em repudio:

  1. Aos atentados terroristas que são tão comuns ao redor do mundo Islâmico.
  2. Pena de morte para quem deixa o Islam - Murtad- praticado até no Brasil.
  3. Leis da Blasfêmia como estão querendo tramitar na ONU.
  4. Espancamento de esposas como estas no vídeo anterior.
  5. Crimes de honra - o que inclui a burra lei do estupro nos paises Islâmicos
  6. Casamento com crianças que são tão comuns ao redor do mundo Islâmico.
  7. Cortar-se mãos e pés de ladrões que são tão comuns no mundo Islâmico.
  8. Apedrejamento por adultério, que NÃO são comuns somente por causa da pressão do mundo que PENSA.
  9. Poligamia que não toma em consideração os sentimentos da mulher
  10. etc. etc. etc.
Tudo isso pode ser traçado ao exemplo de Maome (Sunna e Hadith) e ao Alcorão!

Obrigado por ser um DEFENSOR da liberdade religiosa. Mas o que você tem feito com a sua liberdade religiosa? Por que você então não começa uma campanha para a LIBERDADE RELIGIOSA nos paises Islâmicos? Onde milhões de Cristãos e aderentes de outras religiões são brutalmente coibidos e mortos dentro das fronteiras Islâmicas?

Não seria já tempo de você se juntar aos Milhões CRISTÃOS COPTAS que tem sido massacrados a 1300 anos? Não seria uma ótima oportunidade para você mostrar realmente que é contra o fascismo Islâmico?

Você diz que é um erro colocar todo mundo no mesmo saco. Eu concordo, mas pelo que da para perceber, gente como voce é a ANOMALIA no mundo Islamico. E você está de parabéns por ser uma ANOMALIA ISLÂMICA. Você está a um passo de se converter ao Verdadeiro Deus.

Para complicar ainda mais a sua situação você diz: “O que está escrito nos livros sagrados precisa ser interpretado. E a interpretação é feita pelos seres humanos”. O que você quer dizer? Que somente 10% dos muçulmanos no mundo entendem o Alcorão? Que somente vocês muçulmanos que moram no Brasil entenderam o livro sagrado?

Então a grande maioria (digamos 90%) dos habitantes da Arábia Saudita, Egito, Síria, Jordânia, Metade do Líbano, Líbia, Marrocos, Argélia, AFEGANISTÃO, Paquistão, SOMÁLIA, SUDÃO, Iran, Iraque, Indonésia, Bangladesh, Turquia, Malásia, Yemen, Senegal, Uzbequistão, Tunísia, Emirados Árabes, Omã, Mauritânia, Bahrain, Qatar, Djibouti, Maldivas, etc etc etc .... NÃO ENTENDEM o Alcorão? Isso é realmente espantoso! Então para que Allah revelou um livro que ninguém iria entender?

Você já ouviu no argumento AD HOMINEN? Você acabou de comete-lo aqui. Em vez de se concentrar no problema ‘ISLAMISMO’, e dar uma resposta coerente e honesta, você então tenta incluir todos os CRISTÃOS no mesmo saco do Islamismo. O que você está dizendo é: “Olha Rafik .... os evangélicos e católicos que cometem erros graves não representam todos os fiéis ... então você não tem direito de criticar os Muçulmanos”

Logicamente os evangélicos e católicos cometem erros graves, mas nenhum destes erros, me parece terem sido INSPIRADOS na Palavra de Deus, a Biblia. Ao contrário, no Islamismo, a grande maioria das coisas que eu critico são encontradas na maioria dos Muçulmanos ao redor do mundo e eles se inspiram no TEXTO e no ENSINO do ALCORÃO.

Para efeito de conversa, seria jóia se voce enumerasse “os erros graves” que os Cristãos cometem e tentar ligar estes erros com algum ensino da Bíblia. Não é justamente isso o que eu tenho feito? Eu pego um “erro grave da fé Islâmica” e aplico diretamente na essência DÁ QUESTÃO, ou seja, no ensino e no exemplo de Maomé.

SE você conseguir ligar os ensinos da Biblia com os erros dos Cristãos, eu certamente vou calar a boca para sempre. Por isso eu acho que você ainda vive aquém do seu próprio principio de “gostar de pensar”.

Que pena que você é apenas mais um muçulmano faz de tudo para esconder o sol com a peneira. Eu pergunto novamente, O que é pior? IGNORÂNCIA ou INDIFERENÇA?

Abraços e espero que você realmente comece a se questionar sobre as praticas e ensinos Islâmicos. Coloque em pratica o seu LEMA: Para os que gostam de pensar!

Rafik

4 comentários:

  1. NOSSA!!!!!!!! que "lição"!!!!!!!!!!!!!!


    Para efeito de conversa, seria jóia se voce enumerasse “os erros graves” que os Cristãos cometem e tentar ligar estes erros com algum ensino da Bíblia. Não é justamente isso o que eu tenho feito? Eu pego um “erro grave da fé Islâmica” e aplico diretamente na essência DA QUESTÃO, ou seja, no ensino e no exemplo de Maomé.

    SE voce conseguir ligar os ensinos da Biblia com os erros dos Cristãos, eu certamente vou calar a boca para sempre. De parabéns Rafik!!

    ResponderExcluir
  2. você, nao vale nada!

    ResponderExcluir
  3. Muito inteligente seu comentário Rafik, muito bom mesmo, tá de parabéns!Se você publicasse um livro, eu seria a 1ª na porta da livraria rsrs realmente, vc escreve muito bem, e com muita clareza, parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Olá Rafik.
    EXCELENTE. De 0 a 20, nota 20. Muito bom. Tomei a liberdade cecopiar parao meu mail (com a referencia da proveniencia) e mandei para os meus amigos.

    ResponderExcluir

Façam os seus comentários, mas cuidado com a língua!