sábado, 26 de junho de 2010

A Trindade - Parte 1


TRINDADE - A grande pedra no Sapato dos muçulmanos. Parte 1



Para que vocês possam se beneficiar da SERIE TODA da Trindade, por favor acesse aqui: Introdução - Parte 1Parte 2Parte 3

Bom noite! Vamos continuar o assunto da TRINDADE. O Assunto é muito amplo e muito profundo para ser coberto somente em algumas postagens, mas pela Graça de Deus eu poderei explicar os pontos essenciais.

O que é a Trindade? Primeiramente devemos deixar os textos da Bíblia falarem por si mesmos. Quem sou eu para dizer a Deus o que ele deveria revelar? Faremos o mesmo com o Alcorão, deixaremos os textos do Alcorão falarem por si mesmos.

Resumidamente a Trindade descreve UM Deus TRIUNO – Que apesar de existir em TRÊS PESSOAS, ainda é UM Deus chamado “Jeová”. Vamos examinar os textos bíblicos e deixar que eles nos apontem para a direção que o autor (Deus) quis comunicar. Deus se manifestou em diversas formas, e cada pessoa da Trindade se manifestou em formas diferentes neste mundo. A Trindade foi explicada com mais detalhes e ensinada por Jesus, que de acordo com ele, é composta pelo Pai, Filho e Espírito Santo. Deus é UM porem ele é um ser composto e complexo. Não ha nada neste universo que pode ser comparado a Ele.

A objeção mais comum dos muçulmanos é que a Trindade é ilógica. O Islam se gaba de ser uma religião natural e com uma teologia completa, e um conceito de Deus FÁCIL de se entender. Será que isso é verdade?

Será que o Islamismo tem indícios de que Allah é um ser COMPOSTO? Claro que SIM:

No Islamismo ha divergências se o TRONO onde Allah esta assentado foi criado ou é eterno. Se ele foi criado por Allah, então houve um tempo em que Allah não tinha onde sentar-se. Se ele é eterno, então Allah não é sozinho, ele tinha um parceiro eterno (o trono) com ele antes da criação. Se o trono (a cadeira) não foi CRIADO então ele tem características divinas de ser eterno.

Também ha grandes divergências entre os Muçulmanos, se a Palavra de Allah, O ALCORÃO, é eterno ou foi criado. Se o Alcorão foi criado, então houve um tempo em que Allah era MUDO, não falava e não se comunicava. Se o Alcorão é eterno, então Allah tinha parceiro, alguém ou algo que compartilha dos seus atributos divinos, POREM SEPARADO dele mesmo, o que o faz um deus bi-uno. (Dois em UM).

No próprio Alcorão ha fortes indícios de que ALLAH TEM UM ESPÍRITO – apesar dos muçulmanos interpretarem que o Espírito de Allah é o ANJO GABRIEL. Não existe nenhum verso no Alcorão dizendo que o Espírito é o Anjo Gabriel. Porem no inicio do Islam não foi assim, eles mudaram esta posição mais tarde, pois eles viram a inconsistência de Allah ter um Espírito, o que o faria muito parecido com a doutrina Cristã da Trindade. Isso o faria um deus BI-UNO.

Mas se voce crer que o TRONO de Allah, a PALAVRA de Allah, e o ESPÍRITO de Allah coexistem ETERNAMENTE, então Allah se tornou um deus QUATRO EM UM.

Desde que o próprio Alcorão menciona que Deus ENVIA e SOPRA o seu Espírito, então fica claro que o Espírito sai da parte de Deus.

Sura 32:9 “Em seguida, formou-o, e nele, soprou algo de seu Espírito. E vos fez o ouvido e as vistas e os corações. Quão pouco agradeceis!

Sura 21:91 “E aquela que escudou sua virgindade; então, sopramos, nela, algo de Nosso Espirito; e fizemo-la e a seu filho um sinal para os mundos.”

Sura 66:12 “E com Maria, filha de Imran, que conservou o seu pudor, e a qual sopramos nela algo do Nosso Espírito...”

Estes são somente alguns dos versos do Alcorão onde o Espírito de Deus é mencionado. Para poder ilustrar a grande confusão na cabeça de Mohamed e dos teólogos Islâmicos, vamos iniciar com o verso onde um grupo de Judeus pergunta a Mohamed sobre o Espírito. Ele se encontra na Sura 17:85.

“Perguntar-te-ão sobre o Espírito. Responde-lhes: O Espírito está sob o comando do meu Senhor, e só vos tem sido concedida uma ínfima parte do saber”.

Existe uma Hadith (tradição) sobre este incidente. Ela se encontra em Bukhari Volume 1, Livro 3, N. 127

“Narrado por Abdullah: Enquanto eu andava com o Profeta pelas das ruínas de Medina e ele estava reclinado sobre uma haste da folha de uma tamareira e alguns judeus passaram por ali. Alguns deles disseram aos outros: Pergunte a ele (o Profeta) sobre o espírito. Alguns deles disseram que eles não deveriam perguntar a ele esta pergunta porque ele poderia dar uma resposta que não lhes agradaria. Mas alguns deles insistiram na pergunta, e assim um deles se prontificou e perguntou: “O Aba-l-Qasim! O QUE É O ESPÍRITO?” O profeta permaneceu quieto. Eu pensei que ele estava sendo divinamente inspirado. Então eu permaneci até que aquele estado do Profeta (sendo inspirado) terminou. O Profeta então disse: “E eles te perguntam (Ó Muhammad) a respeito do espírito - Dize-lhes: O espírito - seu conhecimento esta com o meu Senhor. E do conhecimento vocês (humanidade) tem sido dado só um pouco).” (17:85)

A primeira coisa que salta aos olhos é que este verso no Alcorão diz que Allah deu somente um ÍNFIMO conhecimento sobre o Espírito. O mais incrível é que Allah (se ele é o mesmo Deus da Bíblia) JÁ TINHA REVELADO MUITO SOBRE O ESPÍRITO SANTO, porem ele se contradiz e afirma que ELE deu pouco conhecimento sobre o Espírito para a humanidade.

A Bíblia fala do Espírito Santo CENTENAS de vezes, descrevendo a sua pessoa e o seu trabalho. Somente no Novo Testamento o Espírito Santo é mencionado mais de 260 vezes, ou seja, nos os Cristãos temos MUITO CONHECIMENTO sobre o Espírito Santo. No entanto no Alcorão, o Espírito de Deus é mencionado somente algumas poucas vezes e o contexto é muito ambíguo. Com razão Mohamed disse que ele não sabia quase nada sobre o Espírito Santo.

O Espírito Santo no Alcorão

Não existe NENHUM verso no Alcorão que diz que o Espírito Santo é Gabriel. Ninguém jamais poderá demonstrar que o Alcorão diz que o Espírito Santo é o Anjo Gabriel, porem esta foi a postura adotada pelos teólogos Islâmicos para resolver MAIS UMA CONTRADIÇÃO no Alcorão.

Sura 70:4 “Até Ele ascenderão os anjos com o Espírito (o anjo Gabriel) em um dia, cuja duração será de cinqüenta mil anos.

Vocês notaram que o tradutor colocou uma explicação entre parênteses? Os teólogos Islâmicos agora dizem que o “Anjo Gabriel” é o Espírito mencionado no verso, porem não existe provas no Alcorão que isso seja verdade. Outro problema com este verso é que diz que UM DIA tem a duração de 50 mil anos enquanto outro verso diz que a duração de um dia para Allah é de MIL ANOS.

Sura 22:47 “Pedem-te incessantemente a iminência do castigo; saibam que Deus jamais falta à sua promessa, porque um dia, para o teu Senhor, é como mil anos, dos que contais.

A Interpretação Islâmica

O interessante é que os teólogos muçulmanos se viram em um aperto aqui, pois o próprio Alcorão diz que Allah tem um Espírito. Não existe nenhum verso no Alcorão dizendo que o Espírito Santo é o anjo Gabriel. Então muitos anos depois, foi introduzido no Islam que o Espírito que o Alcorão se refere é Gabriel.

O Espírito Santo é Deus de acordo com a Bíblia

O Espírito de Deus não é uma energia ou um anjo e sim a TERCEIRA PESSOA DA TRINDADE. A palavra “PESSOA” aqui não quer dizer alguém que é limitado no tempo e espaço. Por pessoa ou PERSONALIDADE eu quero dizer que Ele assim como o PAI e o FILHO, tem emoção intelecto e vontade.

O Espírito Santo tem todos os atributos essenciais de Deus Jeová.

O Espírito fala como Deus fala. 2 Samuel 23:2-3 “O Espírito do SENHOR (Jeová) fala por meu intermédio, e a sua palavra está na minha língua. Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou...” O Rei Davi disse que o ESPÍRITO do Deus de Israel falava por seu intermédio. Ou seja, quando o ESPÍRITO de DEUS fala é o mesmo quando DEUS FALA.

O que Deus Jeová faz o Espírito Santo também faz. Foi o Espírito de Jeová que tirou o povo do Egito. Em Isaias 63:10-14 aprendemos que os atos de Jeová Deus são atribuídos ao Espírito de Santo.

Mas eles foram rebeldes e contristaram o seu Espírito Santo, ... Então, o povo se lembrou dos dias antigos, de Moisés, e disse: Onde está aquele que fez subir do mar o pastor do seu rebanho? Onde está o que pôs nele o seu Espírito Santo? ... Que fendeu as águas diante deles, criando para si um nome eterno? ... Como o animal que desce aos vales, o Espírito do SENHOR lhes deu descanso. Assim, guiaste o teu povo, para te criares um nome glorioso.

Êxodos 33:14 diz claramente que foi JEOVÁ DEUS que acompanhou o povo de Israel e lhes deu descanso. “Respondeu-lhe: A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso.” Ou seja, falar do Espírito Santo é falar de Deus. Quem deu descanso para o povo de Israel? Quem guiou o povo de Israel no deserto? Foi o Espírito ou foi Jeová? Foram AMBOS porque apesar de serem PESSOAS DISTINTAS, o Espírito de Deus e Deus não podem ser separados e são UM em essência. Assim como o próprio Jesus disse que DEUS e ELE eram UM.

O interessante é notar também que para os profetas do Antigo Testamento, não havia diferença entre desobedecer a Deus e ao seu Espírito. Veja o que Davi diz no Salmo 78:40-56 sobre o MESMO INCIDENTE no deserto:

Quantas vezes se rebelaram contra ele no deserto e na solidão o provocaram! Tornaram a tentar a Deus, agravaram o Santo de Israel.... Ainda assim, tentaram o Deus Altíssimo, e a ele resistiram, e não lhe guardaram os testemunhos.

Agora Davi diz que o povo se rebelou contra o DEUS ALTÍSSIMO, sendo que o Profeta Isaias disse que o povo se rebelou contra o ESPÍRITO DE DEUS. Deus e o seu Espírito são distintos porem são UM.

A Bíblia também diz que o Espírito de Deus CRIA e REGENERA VIDA. Somente Deus pode criar vida.

Leia em Gênesis 1:1-3 “No princípio, criou Deus (Elohim) os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas. Disse Deus (a Palavra): Haja luz; e houve luz.

Por que o Espírito de Deus estava ali naquele momento da CRIAÇÃO? SE ele é um anjo, como ele poderia estar ali antes da criação? O Espírito de Deus estava ali para dar VIDA e CRIAR o universo que se vê hoje.

O Profeta Jó (33:4) concorda com toda a Bíblia quando diz que: “O Espírito de Deus me fez, e o sopro do Todo-Poderoso me dá vida”. Para o Profeta Jó a criação do ser humano e o sopro do Todo Poderoso são UM SÓ.

O Profeta Davi diz que é no Salmo que é o Espírito de Deus que cria e renova a face da terra. Salmo 104: 29-30 “Se ocultas o rosto, eles se perturbam; se lhes cortas a respiração, morrem e voltam ao seu pó. Envias o teu Espírito, eles são criados, e, assim, renovas a face da terra.” Somente Deus pode fazer isso. Todos os versos que já estudamos provam que o Espírito de Deus e Deus são um em essência apesar de seres distintos. O Espírito tem todos os atributos divinos.

O Espírito Santo é ONIPRESENTE, ONISCIENTE e ONIPOTENTE:

Veja o que o Profeta Davi fala sobre o Espírito de Deus no Salmo 139:7 “Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também.”

Davi claramente ensinou que onde quer que eu ou você vá, o ESPÍRITO DE DEUS ali esta. Não existe lugar onde o Espírito de Deus não esteja. Somente Deus pode estar em todo lugar ao mesmo tempo. O Espírito é ONIPRESENTE, e se ele pode estar em todo lugar ao mesmo tempo, ele automaticamente é ONIPOTENTE (ele pode tudo) e ONISCIENTE (ele sabe tudo).

O Profeta Ezequiel agora diz que Deus colocaria o SEU ESPÍRITO dentro de todos aqueles que crêem nele. O Espírito estaria em toda a NAÇÃO de Israel ao mesmo tempo, mostrando que ELE não é um anjo e sim o Espírito de DEUS Onipresente. Ezequiel 36:27 “Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis.

O Anjo do Senhor Jeová tem os atributos de Deus Jeová

A palavra ANJO na Bíblia sempre significa MENSAGEIRO. Anjos não são seres espirituais com asas, Anjos são enviados do Senhor. Todos os anjos que foram enviados para os homens apareceram como HOMENS ou PESSOAS.

Porem existe um anjo (mensageiro) especifico na Bíblia , que baseado nas descrições dele, e no que ele fala e como ele se comporta, ele não pode ser uma criatura. Mesmo que ele aparece como sendo um mensageiro (anjo) enviado, ele não pode ser outro senão DEUS. Este Mensageiro é adorado como sendo Deus e Deus o reconhece como sendo Deus e ao mesmo tempo ele é distinto do Deus. Ele é conhecido na Bíblia como o ANJO de JEOVÁ (Enviado de Jeová).

Gênesis 16:7-14 Tendo-a achado o Anjo do SENHOR junto a uma fonte de água no deserto, junto à fonte no caminho de Sur, disse-lhe: Agar, serva de Sarai, donde vens e para onde vais? Ela respondeu: Fujo da presença de Sarai, minha senhora. Então, lhe disse o Anjo do SENHOR: Volta para a tua senhora e humilha-te sob suas mãos. Disse-lhe mais o Anjo do SENHOR: Multiplicarei sobremodo a tua descendência, de maneira que, por numerosa, não será contada. Disse-lhe ainda o Anjo do SENHOR: Concebeste e darás à luz um filho, a quem chamarás Ismael, porque o SENHOR te acudiu na tua aflição. Ele será, entre os homens, como um jumento selvagem; a sua mão será contra todos, e a mão de todos, contra ele; e habitará fronteiro a todos os seus irmãos. Então, ela invocou o nome do SENHOR, que lhe falava: Tu és Deus que vê; pois disse ela: Não olhei eu neste lugar para aquele que me vê? Por isso, aquele poço se chama Beer-Laai-Roi; está entre Cades e Berede.

Como os muçulmanos acreditam que Hagar é a mãe dos Árabes, então seria interessante ouvir o que a mãe dos árabes tem a dizer sobre o ANJO DO SENHOR. Vejam bem que o texto claramente identifica o ANJO falando estas palavras:

  1. Eu multiplicarei a tua descendência. Que autoridade tem este anjo para fazer tal promessa? A mesma promessa que Deus fez a Abraão.
  2. Darás a luz a um filho e seu nome será Ismael – Deus escolhe o nome de Ismael.
  3. O Senhor Jeová a acudiu na aflição

Hagar então identifica o ANJO que fala com ela, ela INVOCA o nome de Jeová que falava com ela. Claramente o texto nos diz que era JEOVÁ falando com Hagar. Ele não falava através de um anjo comum, mas através de um MENSAGEIRO que se fala como se fosse Deus. Hagar então homenageia Deus e chama aquele lugar de “TU ES DEUS QUE ME VÊ”.

Hagar teve um encontro pessoal com o Deus do Universo. Diferentemente do deus do Islam, o Deus da Bíblia se importou com uma ESCRAVA e veio ate ela para falar PESSOALMENTE com ela. Ninguém é insignificante para o Deus da Bíblia. Porem o deus do Alcorão, somente fala através de profetas.

Mas os muçulmanos poderão argumentar que o ANJO estava falando como um agente de Deus. Porem isso não satisfaz ao próprio texto. Nenhum mensageiro de Deus e nenhum profeta USOU o pronome pessoal da PRIMEIRA PESSOA para falar por Deus. Somente Deus pode usar a primeira pessoa. O Anjo usou um pronome da primeira pessoa implicando que ELE ERA DEUS.

O Anjo do Senhor apareceu inúmeras vezes aos seus profetas e ele sempre se identifica como sendo Deus Jeová.

Gênesis 31:11-13 E o Anjo de Deus me disse em sonho: Jacó! Eu respondi: Eis-me aqui!..., porque vejo tudo o que Labão te está fazendo. Eu sou o Deus de Betel, onde ungiste uma coluna, onde me fizeste um voto; levanta-te agora, sai desta terra e volta para a terra de tua parentela.

O ANJO de DEUS falava com Jacó e ele diz SER O DEUS DE BETEL que significa “Casa de Deus”: “Eu sou o Deus de Betel”. Seria o equivalente do Anjo Gabriel ter dito: “Eu sou o Deus da Caaba”. Isso seria o cumulo. O que quero dizer? Se este Anjo do Senhor fosse somente um anjo comum, ele não poderia ter dito o que disse. Ele não poderia ter se identificado como sendo o próprio DEUS da Casa de Deus.

Em Gênesis 48:15-16 continua a historia de Jacó que quando já velho, abençoa a seu filho JOSE.

“E abençoou a José, dizendo: O Deus em cuja presença andaram meus pais Abraão e Isaque, o Deus que me sustentou durante a minha vida até este dia, o Anjo que me tem livrado de todo mal, abençoe estes rapazes; seja neles chamado o meu nome e o nome de meus pais Abraão e Isaque; e cresçam em multidão no meio da terra.”

O texto diz que Jacó também OROU invocando o:

  1. O Deus dos seus antepassados Abraão e Isaque,
  2. O Deus que o sustentou durante toda a sua vida,
  3. O ANJO que o LIVROU de todo mal,

Veja bem que Jacó não teve NENHUM PROBLEMA em chamar DEUS de ANJO. Jacó orou ao ANJO e pediu que ele abençoasse as seus netos. Jacó menciona Deus e Anjo juntos mas usa o verbo no singular “ABENÇOE”. Ele não diz “ABENÇOEM”, pois ele entendia que ele se referia a UM SO DEUS. Jacó estava se lembrando do encontro com aquele Anjo do capitulo 31 que o encontrou em BETEL (Casa de Deus) que se identificou como sendo Deus.

Em Êxodo 23:20-23 o próprio Deus da testemunho sobre o ANJO DO SENHOR.

Eis que eu envio um Anjo adiante de ti, para que te guarde pelo caminho e te leve ao lugar que tenho preparado. Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não te rebeles contra ele, porque não perdoará a vossa transgressão; pois nele está o meu nome. Mas, se diligentemente lhe ouvires a voz e fizeres tudo o que eu disser, então, serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários. Porque o meu Anjo irá adiante de ti e te levará aos amorreus, aos heteus, aos ferezeus, aos cananeus, aos heveus e aos jebuseus; e eu os destruirei.”

Deus diz ao povo que ele ENVIARIA UM ANJO ESPECIFICO para guardar e levar o povo de Israel a terra de Canaan. Deus também diz que o SEU NOME ESTA NO ANJO. Deus queria dizer que o ANJO tinha a mesma AUTORIDADE de Deus para PERDOAR. Deus estava dizendo que o Anjo e Deus tinham a mesma autoridade ou NOME.

Porem o povo desobedeceu a Deus e o Anjo voltou algumas centenas de anos depois para

Juizes 2:1Subiu o Anjo do SENHOR de Gilgal a Boquim e disse: Do Egito vos fiz subir e vos trouxe à terra que, sob juramento, havia prometido a vossos pais. Eu disse: nunca invalidarei a minha aliança convosco.”

Os muçulmanos dizem que os Judeus nunca acreditaram na Trindade.

Quem foram os profetas do Antigo Testamento? LOGICAMENTE JUDEUS. Então ficou claro ate agora que os profetas do ANTIGO TESTAMENTO (Judeus) apesar de não usarem a palavra TRINDADE, eles tinham um conceito de Deus muito parecido com o que cremos HOJE na Trindade. Deixe o texto falar por si mesmo e voce vera que:

  1. Jeová o Deus Criador coexiste em Três pessoas: O Pai, a Palavra e o Espírito.
  2. O Espírito de Deus tem atributos de DEUS e age como Deus.
  3. O Anjo do Senhor tem atributos de DEUS e age como Deus.

Em outras palavras, não existe nenhuma razão para “desacreditar” destas verdades da Palavra de Deus. A Bíblia ensina claramente que Deus é um ser complexo e triuno. O Antigo Testamento da Bíblia Judaica foi entregue a nos através dos profetas, milhares de anos antes do nascimento de Mohamed. O Novo Testamento escrito por testemunhas oculares dos fatos sobre Jesus, foi entregue a nos pelo menos 600 anos antes de Mohamed ter nascido. Então, o ÔNUS de se provar que a Bíblia esta errada PESA SOBRE os muçulmanos. e não em nos.

Deus os abençoe e espero que esta breve explicação possa ter aberto os olhos de muitos.

Ate

Rafik

3 comentários:

  1. REVELAÇÃO/EXORTAÇÃO
    Urge difundirmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo já vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber em sí, criando Irmãos Espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõe o título do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos já podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE ESSA AÇÃO DE CRISTO: (LC.4.21) – Então passou Jesus a dizer-lhes: Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (JB.14.17) – O Espírito da verdade que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis; porque Ele habita convosco e estará em vós. – Regozijemo- nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade.

    (MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FÔRA NÃO HAVER NASCIDO:

    E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber, e entender quem é o Filho do Homem:

    E O FILHO DO HOMEM É O ESPÍRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ:

    (MC.14.41) – Chegou a hora, o Filho do Homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores: E hoje, quem quiser interagir com o Filho do Homem Imortal, deve buscar “A Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet (Editora Biblioteca 24x7). E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta...

    ResponderExcluir
  2. sem deixar de citar que a semente do fruto do ventre de Maria foi gerado pelo Espírito Santo, logicamente o Espírito Santo foi o pai de Jesus, e Jesus é mencionado várias vezes como FILHO DE DEUS, ora, Jesus é o filho de Deus ou do Espírito Santo? resposta: Deus e o Espírito Santo são um só!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Anderson! O Filho, o Espirito e o Pai agem de forma harmoniosa. O Filho vem revelando ao Pai desde o inicio da criacao. Foi o Filho quem apareceu para Adao, Abraao, Jaco, Isaque, Moises, Josue, etc. Foi sempre o Filho que revelou o Pai.

      Excluir

Façam os seus comentários, mas cuidado com a língua!